The Holders Series - 179 - A Portadora da Trajetória


  Em qualquer país, vá para qualquer área em que se pratique arqueria. Alugue um arco, e escolha aquele que estiver na fileira inferior, o terceiro último à direita. Então você receberá catorze flechas. Todas elas, exceto por uma, deverão ser adornadas por penas brancas e amarelas. A única diferente terá penas pretas.

  Vá atirar as flechas, mas sem nunca usar a preta. Você pode continuar atirando até após o horário de encerramento; ninguém o perturbará. Quando estiver anoitecendo, posicione uma flecha no arco; atirando-a no exato momento em que o último raio de sol afundar no horizonte. Não importa o quão ruim for sua visão, ou o quão pouco habilidoso você for, a flecha atingirá perfeitamente o alvo.

  Nesse instante, uma nuvem de névoa negra e violeta emanará do alvo, e formará um anel cujo diâmetro engloba sete alvos, incluindo o seu. Quando ela se desfizer, você verá que o intervalo, que antes se localizava em uma larga planície, ou no limite de uma floresta, estará agora no alto de um planalto imundo.

Animes Terror/Horror


Fala galera, já faz tempo desde meu ultimo post aqui. 

O blog tem estado bem parado ultimamente, e a única guerreira que sobrou no LPSA é a nossa querida e admirável Laura Tude. 

Bom, eu quero fazer um post sobre animes de terror/horror mais pra frente e gostaria da ajuda de vocês para desenvolver a publicação. Mas como vocês poderiam me ajudar? 

De uma forma bem simples: comente aqui o nome de algum anime de terror/horror que você assistiu e gostou, ou que não gostou por ter perturbado sua bela noite de sono haha. 

Eu estou bem desatualizado no quesito animes, filmes e séries, o trabalho tem tomado muito de meu tempo e, com as dicas de vocês, caros leitores, assistirei os animes que irão me indicar e farei uma outra postagem futura com uma análise e indicação se vale ou não a pena assistir. 

Já que tem tido poucas publicações aqui ultimamente, este post ficará na página principal por um bom tempo, tempo suficiente para acumular muitas sugestões para minha futura publicação. 

Lembrando que já fiz algo parecido um tempo atrás (Top 10 Animes Terror Psicológico/Thriller) mas parece que as imagens do post referido estão meio zuadas. 

Bom, espero colaboração interativa de vocês meus lindos, e vejo vocês em breve!


Ler, pode ser Assustador!

O Fim de Charlotte


  Como é possível ter medo de algo e, ainda assim, sentir-se fortemente atraída por ele? Eu não sei porque concordei em seguir aqueles ruídos horríveis naquele dia. Queria apenas que nunca tivéssemos ido à praia.

  Estávamos sentadas em cadeiras de jardim no lado de fora do pequeno chalé que nossa família mantinha no litoral, quando Charlotte virou para mim e disse que podia ouvir gritos vindo da praia. Era uma dessas tardes incomuns em que o sol saía de trás das nuvens e neblina.

  - É claro que você está ouvindo gritos. Tem sempre algo acontecendo com você, algum tipo de drama. Tenho certeza de que é apenas o vento ou algo assim. - eu disse a ela.

  Deixei de lado meu livro e inclinei a cabeça na direção da água. Não conseguia ouvir nada além da maré. Havia nuvens pesadas vindo do oeste e o vento de fato estava um pouco cortante, causando arrepios nas minhas pernas.

Número Oculto


  Este conto é baseado em algo que vem acontecendo comigo. Tudo o que fiz foi adicionar um toque mais assustador.

  Sabe aqueles números ocultos, que o bina não consegue identificar?

  São formados por um código aleatório de números como 12121212. Ou 140140140.

  Quem bloqueia o número do telefone, não quer ser reconhecido e nem ter sua ligação retornada, ou seja... obviamente não possui boas intenções. Aqueles números que passam trote de falso sequestro, do tipo: "peguei seu filho que nem existe e quero cem mil reais, se não eu esfolo ele vivo!" costumam ser assim. Ou seja: se receber uma ligação como essa, não atenda. Coisa boa não é.

  O pior é que às vezes, quando você atende, o desconhecido passa a te ligar mais e mais. Você fica com medo de que eles saibam seus dados pessoais ou algo assim, embora seja improvável.

The Holders Series - 178 - A Portadora da Mudança



  Em qualquer cidade, em qualquer país, vá para qualquer sanatório ou casa de reabilitação em que possa entrar. Quando chegar à recepção, peça para visitar aquela que se autodenomina "a Portadora da Mudança". O atendente vai te olhar com um sorriso macabro no rosto e dizer: "Sim, mas primeiro você precisa me fazer um favor..." Após ouvir isso, não diga uma palavra, ou você será instantaneamente transportado para um lugar com criaturas jamais vistas neste mundo, cujas formas estão constantemente mudando para coisas ainda mais aterrorizantes. Você poderia rezar por uma morte rápida, mas ninguém ouviria.

  Porém, se você se mantiver em silêncio como deve, o atendente pedirá um favor mais uma vez, agora com uma pontada de urgência em sua voz. Ignore sua súplica, e peça de novo para ver a Portadora da Mudança.

O Filho Morto




 Em uma casa antiga nas montanhas vivia uma mulher idosa e seu filho morto. Toda noite a mulher fazia o jantar e os dois comiam. E toda noite a mulher perguntava ao seu filho morto:

  - Como foi seu dia?

  E o filho morto respondia qualquer coisa que ela quisesse ouvir:

  - Foi bom. Fiquei olhando os pássaros pela janela.

  E a velha sorria e observava:

  - Você sempre adorou pássaros.

  E os dois eram felizes. Na maior parte do tempo. Porque bem no fundo da mente idosa da velha mulher havia sempre uma pequena dúvida incômoda. Como um demônio, ficava sussurrando para ela. Você está louca.

The Holders Series - 177 - O Portador da Estrela Cadente



Antes do THS, um breve recado: Olá! Não sei se vocês perceberam, mas eu, Laura, sou a única membra da equipe que continua atualizando o blog ativamente. Não sei ao certo o que fez os outros se afastarem, nem se eles podem voltar de repente. Mas não os culpem, não sabemos como são suas vidas pessoais e, por mais que se queira, é mais difícil do que parece encontrar tempo para postar coisas novas, especialmente em um blog de escrita e tradução.

  Do dia 6 ao 20 de agosto estarei viajando para a casa da minha avó no fim do mundo, ou seja, um lugar onde não terei acesso a um computador com internet, ou wi-fi, ou cinemas, ou livrarias, ou TV a cabo; talvez nem luz elétrica tenha por lá... Relaxem, eu sobrevivo (inclusive, vai ser bom, porque sem nada para me distrair provavelmente vou escrever muito), e depois volto a atualizar sempre que puder. Não vou deixar o LPSA acabar. Muito obrigada por continuarem acompanhando, seus comentários são um grande incentivo.

  Em qualquer cidade, em qualquer país, vá até lá, faça aquilo e consiga isto. Admita, foi isso o que o interessou a adotar este estilo de vida: promessas de poder incomensurável em troca de realizar alguns testes desprezíveis. Essa é a razão pela qual há tantos Buscadores com brilho nos olhos que vêm da marcenaria, esperando encontrar para si um Objeto novo e lustroso. E é também por causa disso que esses Buscadores raramente parecem manter seu otimismo e inocência após adquirir o tal Objeto. O problema é todo devido à forma como os Objetos deixam as pessoas desmotivadas e removem toda a alegria e felicidade.

The Holders Series - 176 - O Portador das Portas Abertas


  Em qualquer cidade, em qualquer país, vá a qualquer local de culto no qual possa entrar. Entre e diga a qualquer pessoa que encontrar lá, "Eu desejo ver o Portador das Portas Abertas". Se você for ignorado, é porque veio ao lugar certo. Sente exatamente no meio da estrutura e espere até tudo ficar vazio e escuro. Quando a hora chegar, você ouvirá um canto. Será a canção mais bela que você já ouviu, mas não fique ouvindo e continue olhando para frente. Se você se concentrar na música, ficará parado ali até o fim dos tempos, esperando a canção terminar.

The Holders Series - 175 - O Portador das Cinzas


  Em qualquer cidade, em qualquer país, espere até a noite ficar fria o suficiente para que você possa ver sua respiração condensando no ar. Suba no prédio mais alto que encontrar e dê um jeito de chegar até a borda do telhado. Sussurre na escuridão que você deseja visitar aquele que se autodenomina "O Portador das Cinzas".

  Lentamente, as estrelas no céu desaparecerão uma por uma, até sobrar apenas a lua. Aguarde até a lua se dissipar na escuridão e nenhum som puder ser ouvido, exceto pelo suave sopro do vento. Então você deve caminhar até o limite. Se você voltar atrás agora, será forçado a vagar pelas trevas frias e silenciosas para sempre.

A Cantoria



  Durante a infância, eu tinha muito medo de ficar sozinho. Não tenho certeza de como isso começou, nem de quando exatamente passou. Agora eu tenho um cachorro, um vira-lata que eu adotei - então, tecnicamente, não fico sozinho no meu apartamento, mesmo quando meu colega de quarto está fora. Mas de volta ao ponto; quando eu era criança, ficar sozinho me deixava muito assustado. Era um medo irracional, de forma que apenas imaginar minha mãe me deixando sozinho em nossa casa me fazia chorar desesperadamente até que eu a visse de novo.